Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Mais de 50 cidades cancelam carnaval em São Paulo por causa da pandemia

Ao menos 58 cidades do estado de São Paulo decidiram cancelar o carnaval em 2022 por conta da pandemia de coronavírus. Dentre elas estão Botucatu, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano. Também foi cancelado o tradicional carnaval de São Luiz do Paraitinga, que leva multidões às ruas. Será o segundo ano consecutivo que o evento não ocorrerá nesses municípios.

Embora as taxas de ocupação estejam baixas e os índices da doença registrem melhoras no comparativo com os piores meses da pandemia, na avaliação de alguns gestores municipais, o momento é de cautela. As prefeituras temem que a folia possa gerar uma nova onda de contaminação do coronavírus e volte a elevar o número de casos e óbitos.

A média móvel diária de mortes é de 72 nesta terça-feira (23) no estado de São Paulo. O valor é 15% maior do que o registrado há 14 dias, o que para especialistas indica tendência de estabilidade. Já a média diária de casos é de 1.400, valor 33% maior do que o de 14 dias, o que aponta tendência de alta.

Outra justificativa citada é a situação econômica de alguns municípios, que alegam não ter verba para a festa. Taubaté também cancelou o evento oficial, mas permitiu que cada escola organizasse sua própria festa dentro de suas respectivas sedes. Já em Jundiaí foi proibido qualquer tipo de festa. 

Na capital paulista, o cronograma segue mantido. No início do mês, a prefeitura recebeu 867 inscrições para desfiles de blocos de rua. A realização da festa depende da situação da pandemia, mas a gestão municipal já sinalizou que o evento deve ocorrer sem restrições sanitárias. A previsão é a de que 15 milhões de pessoas participem do Carnaval 2022 na capital paulista.

Segundo a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional de São Paulo, as cidades têm autonomia para decidir sobre a realização do evento e não precisam informar a gestão estadual. E as cidades do Circuito das Águas Paulista avaliam a possibilidade da não realização do Carnaval 2022. 

Em virtude da Pandemia da COVID 19, os Prefeitos das Cidades do Circuito das Águas Paulista vêm dialogando sobre a possível não realização do Carnaval 2022 e o consenso já é praticamente unânime. O principal motivo é a grande aglomeração desse evento em específico e a dificuldade em conseguir realizar uma fiscalização adequada, o controle de vacinados, realizar aferições de temperatura, manter distanciamentos, e garantir que a região não tenha um novo surto pandêmico como vem ocorrendo na Europa. 

Uma vez que muitos municípios do interior já anunciaram a não realização do evento, poderia acarretar na migração de um elevado número de pessoas para o Circuito das Águas Paulista, trazendo uma superlotação, descontrole e possível nova onda da COVID 19. 

A partir disso, o Consórcio de Turismo dos Municípios informa que os meios de hospedagem, alimentação, as reuniões familiares, devem seguir suas programações respeitando evidentemente as regras sanitárias. Certamente, se mantida a decisão, todos os municípios devem manter a não realização, caso algum município resolva realizar o evento isoladamente, poderá ocasionar em uma superlotação desenfreada.

Assim que os prefeitos das cidades pertencentes ao Circuito das Águas Paulista decidirem se haverá ou não carnaval, o Rádio Jornal Regional informará à todos!

 

 

Com informações: G1 e Redes Sociais do Circuitos das Águas.

Deixe seu comentário:

Menu

Rádio Socorro AM 1570khz

 Rua Vicente D’Anna, 473, Centro, Socorro-SP

(19) 3895-1444 

 Comercial: (19) 3895-2421

Curta no Facebook